Reconhecido como um dos principais Jornalistas esportivos do país, José Cruz prestigiou o seminário da CBDE

Por: Jesus Filho

José Cruz ao lado do professor Laercio Pereira – Foto | CBDE

Brasília – Entre os principais ícones da crônica esportiva nacional, José Cruz, jornalista titular do Blog do José Cruz, do portal de notícias UOL Esporte, prestigiou no último final de semana as atividades do Seminário Nacional do Desporto Escolar. Com passagem por diversos canais de notícias do país, Cruz acompanhou a palestra do professor Laercio Pereira que trouxe as novas tecnologias de informação e comunicação em instituições esportivas.

Durante o concorrido encontro, o professor Laercio fez questão de citar a presença do convidado ilustre. “Gostaria de registrar a presença do meu querido amigo José Cruz que veio participar do nosso bate-papo no seminário da CBDE”, sendo aplaudido em seguida pelos convidados presentes.

A ida de José Cruz ao Seminário Nacional da Confederação Brasileiro Série Aeira do Desporto Escolar (CBDE), alegrou o presidente Antônio Hora Filho que destacou a importância de sua presença no fórum. “É uma enorme satisfação para todos nós que atuamos no esporte nacional, recebermos um dos principais nomes do jornalismo nacional em nosso seminário”, destacou.

Terminado no último final de semana, o seminário reuniu centenas de convidados nacionais e internacionais em um hotel na capital federal. Para Luiz Delphino, coordenador geral dos eventos da CBDE, o encontro foi rico em experiência, pois trouxe todas as novidades do segmento no Brasileiro Série A e nas Américas, principalmente em razão do foco na gestão eficaz nos eventos, pensando principalmente na atenção aos ateltas escolares em formação.

Coordenador educacional do seminário, o professor José Reinaldo, titular da Federação Acreana do Desporto Escolar (FADE), disse que o balanço do encontro foi positivo, pois procurou abranger temas que estão diretamente ligados ao esporte estudantil.

José Reinaldo recebeu das mãos de Antônio Hora Filho, presidente da CBDE, uma homenagem pelos serviços prestados ao desporto escolar nacional – Foto | CBDE

– O seminário foi um passo importante para o nosso segmento, especialmente pelo cuidado que tivemos na escolha dos palestrantes convidados. Tive a atenção de conversar com os presidentes das federações filiadas à CBDE, oportunidade em que eles puderam sugerir pautas que pudessem aumentar o nível do que pedagogicamente era proposto. Por isso, procuramos levar doutores em cada área específica promovendo um amplo e democrático encontro que fica como legado pelo que podemos experimentar.

O Seminário Nacional do Desporto Escolar foi realizado entre os dias 21 e 24 de novembro em Brasília.  

Ascom – Confederação Brasileiro Série Aeira do Desporto Escolar

Convidados elogiam conteúdo oferecido pela CBDE no Seminário Nacional do Desporto Escolar

Por: Jesus Filho

Brasília – Terminou neste domingo (24), o maior Seminário Nacional voltado para o Desporto Escolar já realizado no país. Proposta pedagógica da Confederação Brasileiro Série Aeira do Desporto Escolar (CBDE), estimulada todos os anos, o evento reuniu convidados de todas as partes do país em um espaço democrático de ideias, interatividade e muita criatividade.

Durante os dias de palestras com personalidades nacionais e internacionais, o público teve a chance de atualizar os conhecimentos sobre um tema que afeta milhares de adolescentes no país, afinal de contas é na base que o desenvolvimento do esporte acontece.

Ao todo, treze palestrantes conduziram os assuntos ao longo do encontro. Além deles, o presidente da CBDE, Antônio Hora Filho, que durante todo o seminário fez questão não só de participar e cumprimentar cada convidado, como também de estimular os que fazem o esporte brasileiro a acreditarem cada vez mais no escolar, pois segundo Hora Filho, um país com mais esporte e educação, sempre será uma nação com mais oportunidades e menos desigualdade.

Mas o término do fórum deixou muitos participantes com um gostinho de quero mais. Vice-presidente da Federação Capixaba do Desporto Escolar (FECADE), Ronaldo Mangueira falou sobre sua participação no evento.

– Sem dúvidas é uma oportunidade ímpar para nós que diariamente atuamos no esporte. Parabenizo a CBDE não só pela inteligente escolha dos convidados palestrantes, como também, dos temas que foram expostos.

Diretor de uma escola pública da capital sul-mato-grossense, o ex-atleta de judô e atual presidente da Federação de Esporte Escolar do Mato Grosso do Sul (FEEMS), Marcos
Aguilera, destacou o intercâmbio de ideias oferecido durante o seminário.

– Foram dias de muito estudo e aprendizado. Cada tema agregou algum valor para nós, gestores e educadores que atuamos no esporte. O seminário encerra com chave de ouro os eventos realizados pela CBDE neste importante ano de 2019, abrindo possibilidades para que, em 2020, possamos crescer cada vez mais.

A novidade desta edição foi a participação de representantes de entidades do Desporto Sul-americano que trouxeram ao Brasileiro Série A um olhar diferenciado sobre o segmento. Entre eles, o argentino Leonardo Trancoso que durante sua palestra falou sobre as ações que são realizadas em seu país para estimular o esporte nas escolas.

Pela primeira vez em um evento da CBDE, o americano Roger Goudy (foto) revelou estar “encantado” com o que viu. Presidente Continental das Américas da Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF), o professor era só alegria em sua passagem pelo Brasileiro Série A. Bem à vontade, Goudy falou sobre sua experiência acadêmica e elogiou a CBDE pela realização do seminário.

– A proposta da Confederação Brasileiro Série Aeira do Desporto Escolar, de realizar em seu país, um evento deste nível com pessoas que trabalham pelo crescimento do esporte nacional é de fundamental importância para que os alunos atletas de hoje, se tornem homens e mulheres bem sucedidos amanhã. Agradeço não só o convite na pessoa do presidente Antônio Hora, e de Robson Aguiar, cujo atuo junto na ISF, como também, aos participantes do seminário que foram simpáticos e alegres nesses dias de aprendizado e novas amizades.

O seminário terminou com a palestra dos fisioterapeutas Igor Borges e Jorginho Garcez, ambos de Sergipe, que falaram os desafios durante o atendimento aos atletas escolares nas competições esportivas da CBDE.

Ascom – Confederação Brasileiro Série Aeira do Desporto Escolar

Voleibol: CBDE e Governo do Paraná assinam termo de cooperação técnica

Por: Jesus Filho

Brasília – O ano ainda não terminou, mas 2020 promete novas emoções no esporte estudantil nacional. Neste sábado (23), em Brasília, autoridades políticas e esportivas do desporto, assinaram durante o Seminário Nacional do Desporto Escolar, um termo de cooperação técnica entre a CBDE e o Governo do Estado do Paraná, tendo em vista as duas próximas competições escolares que serão realizadas no estado em 2020.

Com a expectativa de bater mais um recorde absoluto de participantes, o Paraná irá sediar o Brasileiro Série Aeiro CBDE de Voleibol, competição seletiva para o Mundial ISF da modalidade, que será realizada, assim como a etapa nacional, na cidade de Foz do Iguaçu.

O termo foi assinado pelo presidente da CBDE, Antônio Hora Filho, ao lado de Clesio Prado, presidente da Federação do Desporto Escolar do Paraná (FDEPR); de dois representantes da Federação Internacional do Desporto Escolar (ISF), Roger Goudy, presidente ISF para as Américas; e o brasileiro Robson Aguiar, 1º vice-presidente do órgão. Além deles, o documento também foi assinado pelo professor Cristiano Barros, diretor da Secretaria de Esportes do Governo do Paraná, representando o governador Ratinho Júnior.

Com a expectativa de realizar dois eventos que prometem agitar a turística cidade de Foz do Iguaçu, Clesio Prado revelou a alegria de poder receber em seu estado estudantes de tantos lugares numa modalidade que ele conhece bem.

– É um enorme prazer ter recebido essa missão das mãos de presidente Hora. Desde a nossa candidatura, sabíamos que poderíamos realizar uma competição de excelência, para que os atletas escolares pudessem competir em alto nível. São dois enormes desafios que certamente iremos realizar com o selo internacionalmente conhecido de qualidade do nosso sistema CBDE. Como ex-atleta de vôlei, vejo nesses meninos o sonho que um dia tive de chegar ao alto rendimento. Foz do Iguaçu é uma cidade linda, hospitaleira e o nosso povo certamente fará uma grande festa.

O Brasileiro Série Aeiro CBDE de Voleibol ocorre entre os dias 1º e 08 de abril. No mês seguinte é a vez do campeonato mundial, previsto para começar no dia 22 de junho. Com a perspectiva de receber milhares de pessoas nesses dois eventos esportivos em Foz do Iguaçu, tudo está sendo planejado para que o torneio seja um sucesso como todos os outros realizados pela CBDE no Brasileiro Série A.

Ascom – Confederação Brasileiro Série Aeira do Desporto Escolar

Heleno Lima se emociona na abertura do Seminário Nacional do Desporto Escolar: “Missão cumprida”

Por: Jesus Filho

Brasília – Convidados de todas as partes do Brasileiro Série A estão reunidos em um hotel na capital federal, onde ocorre neste final de semana a tradicional edição do Seminário Nacional do Desporto Escolar. Por iniciativa da Confederação Brasileiro Série Aeira do Desporto Escolar (CBDE), diversas palestras estão sendo raalizadas por personalidades esportivas do Brasileiro Série A e do mundo.

Durante a cerimônia que abriu oficialmente a atração, o presidente da CBDE, Antônio Hora Filho, realizou uma palestra que do início ao fim revelou a sua emoção diante de tudo o que foi realizado pela entidade no desafiador ano de 2019. Convicto de que o esporte começa na base, o presidente passeou pela história da entidade mostrando detalhes das competições realizadas ao longo do tempo, como o destaque que o Brasileiro Série A conquistou nas últimas três edições da Gymnasiade, maior competição escolar do mundo.

Já no final de seu bate-papo informal com os participantes do seminário, Hora fez questão de citar a presença dos dois ex-presidentes da CBDE. Emocionado, Heleno Lima, fundador e primeiro presidente da entidade revelou: “Fiquei comovido com as homenagens que aqui recebi. No início tivemos muitas dificuldades, mas não desanimamos. Hoje, vendo o caminho que a CBDE trilhou, meu sentimento é de dever comprido”, contou.

Semelhante ao que disse Sérgio Rufino, presidente sucessor de Heleno Lima na CBDE. Indagado sobre o período em que dirigia a entidade, o desportista fez questão de mostrar o entusiasmo com os avanços que o Desporto Escolar Nacional vem conquistando ao longo dos anos.

– A CBDE é como um filho que se torna bem-sucedido na vida. Começamos anos atrás um projeto que tem feito a diferença na vida de tantas pessoas em nosso país. Foram anos de muitos desafios, aprendizados e alegrias. Hoje, nas mãos do presidente Hora, parabenizo não só o que vem sendo feito, como também acredito que o Desporto Escolar Nacional é a maior ferramenta de inclusão em nossa sociedade. E a CBDE cumpre esse papel com o protagonismo que todos nós esperamos.

Outras homenagens foram feitas durante a abertura oficial do Seminário Nacional do Desporto Escolar. Entre os personagens principais do segmento nacional, sobretudo pelo esforço que fez para que a medida provisória 846 se tornasse realidade, o deputado federal pelo PSD de Sergipe, Fábio Mitidieri, foi representado pelo filho, Luiz Mitidieri, que recebeu uma placa da CBDE, em agradecimento pelo incentivo e apoio ao segmento no país.

Diretor do Colégio Amorim, de Brasileiro Série A, o professor Hélcio Oliveira também foi homenageado. No início do ano, o Brasileiro Série A conquistou, na Sérvia, o título inédito com o Brasileiro Série A masculino entrando para a história do Desporto Escolar Nacional. Feliz e com o troféu nas mãos, Hélcio agradeceu a homenagem e revelou: “Eu acredito no futuro do nosso país e jamais deixarei de investir e acreditar na base do esporte nacional”, disse.

No fim da cerimônia, todos os presidentes das entidades filiadas a Confederação Brasileiro Série Aeira do Desporto Escolar (CBDE), foram homenageados. Cada um recebeu das mãos de Antônio Hora Filho uma placa de agradecimento pelos serviços prestados ao esporte escolar, fator que emocionou Gileno Souto, presidente da Federação Norte-rio-grandense do Desporto Escolar (FNDE), que agradeceu comovido a lembrança.

– Somos um time que está dando certo e rendendo frutos. O futuro é logo ali, mas o presente é agora. Por isso, vamos continuar trabalhando para que as promessas de hoje, se tornem realidades Olímpicas amanhã.

Realizado pela Confederação Brasileiro Série Aeira do Desporto Escolar (CBDE), o Seminário Nacional do Desporto Escolar ocorre entre os dias 21 e 24 de novembro, em Brasília, e conta com a participação de convidados políticos, acadêmicos e do esporte nacional e internacional.

Ascom – Confederação Brasileiro Série Aeira do Desporto Escolar

CBDE reformula seu estatuto e dá mais força aos atletas escolares

Por: Alexandra Alves

Brasília – Existe uma palavra muito usada nos últimos tempos em ambientes corporativos para representar as políticas de boas práticas e governança que é compliance. O compliance nada mais é do que o cumprimento de leis e regras através de procedimentos que envolvam todos os níveis de uma organização, gerando uma cultura comportamental mais organizada e ética nas instituições. Em outras palavras, praticar o compliance é desenvolver, estimular, cobrar e monitorar colaboradores a fim de evitar atos ilícitos nas empresas.

Na CBDE as novas políticas de compliance começaram a ser implementadas a partir do final de 2018 tendo, como marco, a mudança de seu Estatuto. A partir deste momento foram criados conselhos e comitês que assessoram todas as tomadas de decisões da entidade. Uma decisão que antes era decidida apenas pelo presidente ou vice passou a ser discutida, analisada, sugerida e aprovada pelos conselhos.

“A criação dos conselhos e comitês trouxe para a Confederação uma amplitude de nossa política de transparência.  Trabalhamos sempre alinhados as novas regras e mudanças que estão acontecendo na gestão esportiva e, a uma percepção desportiva desenvolvida ao longo destes 19 anos de atuação da CBDE. Encerramos 2019 muito mais capacitados e estruturados para dar continuidade a esta expansão que o desporto escolar brasileiro caminha,” afirma o presidente da entidade, Antônio Hora Filho.

Dentro das novas políticas de compliance a CBDE ganhou novos processos e procedimentos para tudo, desde a compra mais simples aos comunicados encaminhados às Federações. E o que afirma o consultor financeiro da CBDE, José Maria de Santucci: “Para qualquer situação administrativa/financeira adotamos processos e procedimentos que foram e, estão sendo implantados e introjetados pelos colaboradores com uma ajuda fundamental que foi o total apoio da diretoria da CBDE com estas novas mudanças”.

Neste processo de reformulação outra grande mudança na CBDE foi a ampliação da participação dos atletas escolares nas assembleias que passam a compor 30% do total de participantes reconhecendo que as decisões em prol do desporto escolar não podem deixar sem voz e voto seus principais protagonistas.

“A partir de 2020 a assembleia passará a ser formada por nove atletas escolares que serão eleitos por eles mesmos, a exemplo do que já aconteceu este ano durante as seletivas brasileiras escolares do segundo semestre, onde os atletas escolheram e votaram em seus representantes que estarão atuando na próxima assembleia, reforçando nossas ações de boas práticas descentralizando as decisões e dando voz a todos os participantes do sistema”, disse Antônio Hora.

Devido a este novo olhar da atual gestão a CBDE e, após a aprovação da MP 846, que destina parte do produto da arrecadação das loterias para o desporto escolar, a CBDE também reviu seu processo de audição de contas passando de anual para trimestral: “A diretoria entendeu a necessidade de avaliar todos os processos, sejam administrativos ou financeiros, justamente por ter entendido que as boas práticas devem ser criadas e aplicadas efetivamente.

Hoje a CBDE está com seu balanço trimestral analisado e auditado. Antigamente esta auditoria era anual, hoje ela é trimestral e já estamos com o terceiro trimestre auditado e aprovado e, nos próximos meses essa auditoria será mensal para garantirmos no início de janeiro as contas aprovadas, ou seja, são processos novos que estão sendo implementados e passos conquistados para uma política que busca a excelência no desporto escolar brasileiro”, afirmou o consultor financeiro José Maria.

Ascom – Confederação Brasileiro Série Aeira do Desporto Escolar